Como fazer inscrição no Bolsa Família

Como fazer inscrição no Bolsa Família é uma dúvida de muitos, pois esse é um dos principais benefícios sociais que vem ajudando inúmeras famílias de baixa renda. Após a criação do Bolsa Família, outros benefícios sociais foram extintos, pois os seus recursos foram inclusos no atual programa.
O cadastro no programa está restrito para aquelas famílias que estão dentro de uma série de requisitos, vale ressaltar que o principal objetivo é auxiliar e incentivar as famílias a manter os seus filhos na escola e complementar a renda mensal com valores que poderão variar, de acordo com cada perfil.

Quem tem direito ao Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa destinado às famílias que se encontram em estado de pobreza ou extrema pobreza. Esse benefício auxilia os cidadãos que estão aptos para receber o pagamento com valores variáveis (poderá depender do estado no qual a família se encontra, quantidade de dependentes e outras variáveis).

bolsa familia cadastro

Famílias pobres

Perante o Governo Brasileiro, as famílias que estão qualificadas como pobres são aquelas que possuem renda mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00 por pessoa.
Essas famílias só poderão fazer inscrição no Bolsa Família se tiverem na sua composição gestantes e crianças entre 0 a 17 anos.

Famílias extremamente pobres

Público alvo para uma atenção em especial. As famílias extremamente pobres são aquelas que possuem renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa.
Sustentar uma família com esse valor mensal é uma tarefa muito difícil, pois nem todas as necessidades poderão ser sanadas, principalmente se houver crianças ou portadores de necessidades especiais.

Como fazer inscrição no Bolsa Família

  1. Após verificar que está dentro dos requisitos acima, o cidadão poderá fazer inscrição no Bolsa Família. Geralmente o cadastro no programa é feito mediante intermediação da prefeitura da cidade/município ou no CRAS (centro de referência e assistência social).
  2. A seleção das famílias que farão parte do programa é feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à fome. Essa seleção tem como fator fundamental os dados inseridos no Cadastro único (veja abaixo como se cadastrar).
  3. Se a família for selecionada, o cidadão passará a receber o auxílio do Bolsa Família. Esse valor poderá variar de acordo com o perfil familiar.

Cadastro Único

Esse é o cadastro que reunirá as principais informações do cidadão. A pessoa que tentar fazer parte de algum programa do Governo sem o Cadastro Único, ficará impossibilitado de usufruir os recursos oferecidos.
Destinado à famílias pobres e de extrema pobreza, com intuito de implementação de políticas pública e de melhorar a vida dessas famílias.
O cadastro é feito por meio de visitas domiciliares às famílias de baixa renda ou diretamente no CRAS. É necessário ter uma pessoa responsável pela família para responder às perguntas do cadastro (pelo menos 16 anos de idade e portar CPF).

Recomendados para você:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *