Aposentadoria privada: você sabe as diferenças e vantagens?

A aposentadoria privada é um dos temas de previdência menos explorados, já que não é cultural do brasileiro pensar no longo prazo (até por isso existem muito mais cartões de créditos do que fundos de renda fixa ou consórcios, por exemplo).

Exatamente para despertar esse senso de planejamento em todos os nossos leitores, vamos falar mais da aposentadoria privada, suas vantagens e como ela pode ser usada de forma complementar ao INSS ou ainda como sua única opção, no caso de você não ter um vínculo mais com o INSS.

Como funciona a aposentadoria privada?

aposentadoria privada

Os planos de aposentadoria privada são oferecidos pelos bancos dentro de planos de longo prazo, que oferecem melhor liquidez e vantagens quando usados de forma similar ao INSS, com a diferença que é possível, embora não exatamente recomendável (essa informação depende um pouco do contrato em questão) ser sacado de uma única vez.

A diferença entre um e outro é feito por meio da tributação do valor depositado na aposentadoria privada. Vamos explicar essa diferença:

Tabela regressiva: O valor de tributação vai diminuindo de acordo com o passar do tempo, o ajuda a manter um saque único maior no fim do plano.

Tabela progressiva: ajuda a manter o valor maior de parcela da aposentadoria privada, que terá um valor específico, de acordo o contrato.

Quais são os tipo de aposentadoria privada? Como são as taxações?

Estes são os dois tipos de planos mais comuns:

PGBL: o plano gerador de benefício livre: uma forma de aposentadoria que é recomendada para pessoas de renda mais elevada, já que dessa forma ela terá um desconto do valor no imposto de renda (desde que represente, no máximo, 12% da sua renda total). Esse imposto, porém, será cobrado em sua totalidade quando o valor for sacado.

VGBL: Ao contrário do PGBL, o vida gerador de benefício livre não pode ser descontado do imposto de renda, mas quando o valor é sacado, o imposto só é cobrado sobre o quanto o dinheiro rendeu dentro do fundo.

aposentadoria privada funciona

Existem três tipos de taxas principais na aposentadoria privada. Além da taxa de carregamento (mensal) manutenção (anual) e saída (quando ele é resgatado). As taxas variam de acordo com o banco usado, então faça uma pesquisa em relação a isso.

Outro detalhe importantíssimo é que esses planos podem incluir valores a serem pagos a cônjuges e filhos no caso de morte, se ele será vitalício ou com período limitado de vida, além de um seguro para morte e invalidez, que é entregue a família ou diretamente à pessoa.

Para mais detalhes, procure a sua instituição financeira e faça hoje mesmo um plano de aposentadoria privada!

Recomendados para você:

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *